Marcas próprias conquistaram 2,2 milhões de novos consumidores

Reportagem SA Varejo -

Elas já são adquiridas por 1 em cada 3 lares brasileiros

Ao conquistar mais de 2,2 milhões de novos compradores no primeiro semestre deste ano, as marcas próprias elevaram sua penetração de 29% em junho de 2019 para 33% no mesmo mês de 2020. Com relação à quantidade de unidades vendidas, o crescimento foi de 22%. Os dados são da Kantar .

O bom momento das marcas próprias é confirmado pela Abmapro. A entidade do segmento estima que 2020 fechará com essas marcas somando R$ 8 bilhões em faturamento, algo que, caso confirmado, significará um avanço de 9,6% na comparação com o ano anterior.

Marcas locais também avançam

A Kantar também notou o fortalecimento das marcas locais, que passaram a representar 66% do mercado nacional em valor entre os meses de abril e junho deste ano, avanço de 1 ponto percentual em comparação com o mesmo período de 2019. O maior impulso vem das classes C – sobretudo por parte de donas de casa com idade entre 30 e 39 anos –, mas também com tendência de alta nos domícilios das classes D e E e nos lares com pessoas jovens. 

Norte, Nordeste e Grande RJ são exemplos de regiões em que marcas locais ganham bastante força, conforme análise da Kantar. A consultoria lembra que, no Brasil, essas marcas se concentram setores de alimentos, lácteos/substitutos e limpeza, com preço médio 7% menores do que as marcas globais.